Corsan anuncia começo de obras de ETE no Santa Catarina para tratar 25% do esgoto de Farroupilha

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Autarquia assina na terça-feira, dia 15, ordem de início de obras no valor de R$ 11 milhões para beneficiar 15 mil habitantes do município

Recentemente, autarquia foi cobrada por investimentos no município

O Prefeito Claiton Gonçalves e a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), assinam na próxima terça-feira, dia 15, às 9h, no Salão Nobre da Prefeitura, a ordem de início de obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do bairro Santa Catarina. A área de terras que receberá a construção foi adquirida pela Corsan ainda em 2014.

Em um investimento de R$ 11,5 milhões oriundos do Plano de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2), a estrutura irá beneficias cerca de 15 mil habitantes e deverá estar concluída em 24 meses após o começo dos trabalhos. A cerimônia, aberta à comunidade, deverá contar com a presença de autoridades municipais e estaduais, além de representantes da Corsan, governo do Estado e demais convidados. Após a o ato de assinatura, uma comitiva deverá visitar o local da obra.

A construção da ETE dará continuidade à implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) de Farroupilha que elevará o percentual de atendimento de coleta e tratamento de esgodo de 0% para 25% no município. Os serviços serão executados por um consórcio entre as empreiteiras Bripaza, Sintra e Pontual.

A estação, depois de pronta, terá capacidade de vazão de 35 litros por segundo em um primeiro momento, chegando a até 140 l/s de eficiência. A obra será composta por guarita, laboratório, subestação e casa de medição, caixa de areia, tanque de aeração, floculador, adensador e compressor, decantador, elevatória de lodo adensado, prédio da centrífuga, elevatória de lodo ativado, tanque de contato, produtos químicos, reservatório, emissário por recalque e reservatório final e drenagem e deságue.

O projeto total do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) do município de Farroupilha está orçado em R$ 49,2 milhões. Com mais este investimento, o total já destinado para o município chegará a R$ 13,5 milhões.

Área foi adquirida pela Corsan em 2014

Até o momento, já foram concluídas a as redes coletoras de esgoto em ramais prediais da bacia 4 (parcial) no valor de R$ 1.214.651,00, com extensão de 3117 metros e 815 metros de ramais prediais; a execução do Projeto Técnico do Trabalho Socioambiental pertinente à execução das obras das redes coletoras da bacia 04 no valor de R$ 196.796,48; aquisição de Tubos de PVC para implantação da Rede Coletora de Esgoto na Bacia 4 (parcial) no valor de R$ 69.467,34; aquisição de tubos e peças pré-moldadas de concreto armado para implantação da rede coletora de esgoto na Bacia 4 no valor de R$ 290.806,00.

O projeto do SES prevê ainda a futura licitação de R$ 13 milhões para 2018 para finalizar as redes coletoras e os ramais prediais das bacias 4, 8 e 9, a execução de quatro estações de bombeamento de esgoto, cobrindo os bairros Santa Catarina, Cruzeiro, Nova Vicenza e Bela Vista e Santa Catarina.

Outros R$ 21,7 milhões deverão ser investidos para a realização das redes coletoras e ramais prediais das bacias 1, 2, 3, 5, 6, 7 e a execução de 7 Estações de Bombeamento de Esgoto que elevará o percentual de cobertura de esgoto para 35% no município. São recursos contratados junto a União em que há contingenciamento e no momento sem perspectivas de liberação. Também há a previsão de investimento de R$ 13 milhões para a contratação de estudos e projetos executivos para o Sistema de Esgoto lote 02, e execução de 108 km de rede coletora, uma ETE e 8 elevatórias para atendimento de 8193 economias da Bacia do Rio Caí.

 

Texto e foto: Tomaz Graciliano
Edição: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social
tomazgraciliano@farroupilha.rs.gov.br

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.