Atrações Turísticas

PÓRTICO MONUMENTO NOSSA SENHORA DE CARAVAGGIO

Localização: RST/RSC 453 – Trevo de acesso a Caravaggio

Foto: Neimar de Cesero

A padroeira de Farroupilha ganhou um monumento na RST/ RSC 453, pela primeira vez em março de 2008. Sua localização é estratégica para marcar o acesso ao Santuário, na localidade de Caravaggio, primeiro distrito, a seis quilômetros do Centro.  Uma nova imagem foi instalada em 2016. Foi confeccionada pelo do artista Gilmar Pocai, com recursos do Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio e doações de fiéis. A estátua pesa pouco mais de 25 toneladas e mede 6 metros de altura.

MONUMENTO 130 ANOS DA IMIGRAÇÃO ITALIANA NO RS
Localização: Avenida Pedro Grendene, entrada leste da cidade, acesso pela RS-122
Foto: Leandro Rodrigues
monumento_130_anos_imigrao_italiana01

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A obra foi inaugurada em dezembro de 2005. Por Farroupilha ser Berço da Imigração Italiana no Rio Grande do Sul, o monumento estiliza a proa de um navio a vapor, fazendo referência ao meio de transporte utilizado na chegada dos primeiros imigrantes da Itália ao Brasil, instaladas em Farroupilha em 1875.

Representa o progresso e a pujança por meio da modernidade na arquitetura e pelo uso de materiais contemporâneos. O aspecto leve conferido pelo vidro azul faz menção à cor do mar e as grandes tempestades que por vezes assolavam as embarcações.

O arco e a guarita estão edificados em concreto, simbolizando a segurança e a solidez que os imigrantes esperavam encontrar na América. Tem acabamento apenas com verniz poliuretano para não comprometer a beleza da plasticidade do concreto. Tem iluminação frontal e lateral nas cores amarelo (simbolizando riqueza), azul (simbolizando o mar) e, no sentido contrário, iluminação na cor rosa, numa referência ao cultivo da uva.

O mastro e cabos fazem menção àqueles dos navios, sendo, porém, em aço com zincagem a fogo, garantindo durabilidade e mantendo a unidade estética da obra. Estão fixados letreiros em aço inox polido indicando o nome da cidade na face voltada para a RS-122 e com a frase “Volte sempre, amigo” na face posterior. Também possui iluminação especial.

O projeto é da arquiteta Marciaelisa Busetti.

 

PONTOS TURÍSTICOS

PARQUE SANTA RITA

Localização: Rua Vêneto, 2.190 – Nova Vicenza

Foto: Júlio Dal Monte

parque_santa_rita10

   Numa área de 80 hectares, com lago artificial, ilha, restaurante, churrasqueiras ao ar livre, quiosques e parque infantil, pedalinhos o visitante encontra uma área verde que proporciona belos passeios.
Está localizado a três quilômetros do Centro, com acesso asfaltado.
Administração do Parque Santa Rita: (54) 3261 1111 e (54) 3261 6436.

PARQUE DOS PINHEIROS

Localização: Bairro do Parque – próximo ao Centro da cidade – Acesso pela Ruas Independência e Barão do Rio Branco

Foto: Edmilson de Arruda

No Centro da cidade é possível desfrutar de um passeio em área circundada por mata nativa, com fácil acesso pelas ruas Independência e Barão do Rio Branco. Espaço ideal para lazer e práticas esportivas.

Com 22 hectares, o Parque dos Pinheiros possui um lago artificial, piscina pública, pista para caminhadas, parque infantil, pista para skate, quadra de futebol e vôlei de areia. Abriga um restaurante com atendimento diário, além de local para festas.

Melhorias na infraestrutura do Parque  garantiram que a comunidade farroupilhense usufruísse deste recanto com maior segurança.

 

SALTO VENTOSO

Localização: 11 quilômetros do Centro; Linha Muller – 3º distrito de Farroupilha

Foto: Edmilson de Arruda

Queda d’água em plena mata nativa. A cascata tem 52 metros de altura caindo em forma de cortina de água sobre uma gruta com 200 metros de comprimento por 25 metros de altura. Foi cenário para o filme O Quatrilho, obra de José Clemente Pozenato, e da minissérie da Rede Globo “Quinto dos Infernos”.

 

PRAÇA DA IMIGRAÇÃO ITALIANA

Localização: Nova Milano – 4º distrito de Farroupilha

Foto: Éder Tondello

gondola_nova_milano

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esta praça está situada na localidade que recebeu as três primeiras famílias de imigrantes italianos instalados no Rio Grande do Sul, em 1875. Nela há a réplica dos passaportes destes imigrantes, da Igreja Santa Helena da Cruz, parque infantil, a gôndola veneziana. A praça abriga  o Encontro das Tradições Italianas (Entrai), a cada dois anos.

 

GÔNDOLA VENEZIANA

Localização: Praça da Imigração Italiana – Nova Milano – 4º distrito de Farroupilha

Foto: Éder Tondello

gndola_veneziana01

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nova Milano, quarto distrito de Farroupilha, abriga o presente do governo italiano dado ao município nas festividades do Centenário da imigração italiana, em 1975. Em abrigo especial, está na Praça da Imigração Italiana, em redoma de vidro. Pesa cerca de mil quilos e tem 11 metros de comprimento. Da mesma forma como o recebimento da gôndola representou uma homenagem a Farroupilha, sua colocação na Praça é uma distinção aos descendentes italianos.

 

MONUMENTO CENTENÁRIO DA IMIGRAÇÃO ITALIANA NO RIO GRANDE DO SUL

Localização: RS 122 – Nova Milano

monumento_centenrio_imigrao_italiana01

 

 

 

 

 

 

 

 

Monumento inspirado nas três primeiras famílias de imigrantes italianos que colonizaram a região. Inaugurado em 1975.

 

IGREJA MATRIZ SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

Localização: Rua Rui Barbosa – Centro

Foto: Éder Tondello

igreja_matriz_2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Construída em 1932, em estillo gótico, ostenta duas torres de 49 metros de altura. O piso é feito de lajotas decoradas e detalhes em mármore. O altar foi projetado por Alexandre Bartelle. Há ainda belos vitrais.

A Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus começou a ser construída em 1929 e foi inaugurada em 1935, com projeto do arquiteto Victorino Zani, conhecido pela projeção de igrejas no Rio Grande do Sul. O pároco da época, monsenhor Thiago Bombardelli, decidiu que o prédio seria construído em estilo românico, sem muitos ornamentos, e que resistisse ao frio.

A história da Matriz está ligada ao desenvolvimento de Farroupilha. Com a inauguração da estrada de ferro entre Montenegro e Caxias do Sul, em 1910, muitos moradores foram atraídos pelas oportunidades que surgiam. Os habitantes de Nova Vicenza – primeiro nome de Farroupilha – migraram para a zona da estação férrea, onde, 25 anos mais tarde, seria construída a Igreja Matriz. A inauguração da igreja aconteceu poucos meses após a emancipação da cidade que, até 1934, fazia parte de Caxias do Sul.

A Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus é obra tombada pelo Conselho de Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural do município. De 2003 a 2008 passou por processo de restauração e revitalização.

 

MUSEU MUNICIPAL CASA DE PEDRA

Localização: Rua Domênico Fin, s/n, bairro Nova Vicenza

Foto: Éder Tondello

museu_casa_de_pedra01

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Localizada em Nova Vicenza, sede do núcleo inicial da Colônia Sertorina, que obteve um rápido crescimento econômico em fins do século XIX, onde hoje se encontra o Bairro Nova Vicenza, o imóvel onde está situado o atual Museu Municipal Casa de Pedra foi construído entre 1890 e 1896 pelo Sr. Domenico Finn. Em alvenaria de pedras regulares aparentes e situada em esquina com declive acentuado, possui porão, primeiro pavimento e sótão.

O andar térreo originalmente servia como casa de negócios, de fato a primeira casa comercial da cidade, e o sótão como habitação da família do proprietário. Houve uma reforma na década de 40, em que a estrutura do telhado foi modificada, as tabuinhas de madeira (scándole) foram substituídas por telhas francesas, a camarinha foi suprimida e as janelas mudadas, entre outras alterações.

A casa de pedra é representativa da arquitetura típica da imigração italiana no Rio Grande do Sul, sendo que o museu Municipal apresenta um acervo de utensílios e móveis que retratam a vida dos imigrantes italianos.

O Museu foi criado pela Lei Municipal 1.321/83 de 27 de setembro de 1983. Foi tombado pelo Patrimônio Histórico no dia 28 de dezembro de 1988, passando a integrar o Patrimônio Histórico e Artístico do Estado nos termos do parecer nº 670/85 da Câmara de Patrimônio Histórico do Conselho Estadual de Cultura e da Portaria nº 05/85 da Secretaria de Cultura do Estado, publicada no Diário Oficial em 09/09/1985.

CONTATO: (54) 3261 6914 e museucasadepedra@farroupilha.rs.gov.br

ATENDIMENTO: De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, sem fechar ao meio-dia. Nos finais de semana, as visitas podem ser realizadas por agendamento.

 

MUSEU CASAL MOSCHETTI

Localização: Rua Rui Barbosa, 49 – Centro

Foto: Éder Tondello

museu_casal_moschetti01

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Museu Casal Moschetti, inaugurado em 19 de fevereiro de 1972, localiza-se na casa que pertenceu ao Monsenhor Thiago Bombardelli, situado na rua Rui Barbosa, 49 no centro de Farroupilha.

Lydia Giannoni Moschetti, italiana naturalizada Brasileira, doou o seu acervo para a cidade de Farroupilha em homenagem à colonização italiana. Farroupilha foi presenteada com riquíssimas peças, que fizeram parte da decoração de sua residência.

No Museu encontramos uma bela coleção de pratarias, porcelanas, objetos em mármore, móveis esculturados a mão, cristais, uma pinacoteca de diversos artistas, inclusive quadros pintados por Lydia, e uma vasta biblioteca, vários espelhos e uma boneca chamada Lenci que Lydia ganhou como prêmio num concurso de canto em um navio, durante uma viagem à Itália.

Lydia nasceu na cidade de Fuccheiro na província de Toscana na Itália, descendente de família nobre. Devido a problemas familiares veio para o Brasil. Aqui Lydia conheceu o Italiano Luiz Moschetti, engenheiro da FIAT e industrialista, casaram-se em 1921 e fixaram residência em Porto Alegre.

Lydia dedicou-se a obras de caridade, vendeu joias e bens pessoais para ajudar os mais necessitados. Construiu casas assistenciais, realizou diversas obras filantrópicas nos diversos campos. Foi agraciada com 56 títulos honorários e inúmeras comendas. Entre muitas obras merece destaque a criação do Instituto Santa Luzia, escola profissional para cegos e a Fundação do Banco de Olhos. Recebeu o título de Mãe dos Cegos do Rio Grande do Sul.

Lydia Moschetti é uma das mais brilhantes personalidades do mundo assistencial. Além disso fundou e integrou a Academia Literária Feminina. Autora de vários romances: A Sobrinha do Cardeal, Um baile e uma vida, No Altar da Caridade, Morte das Ilusões, Poesias Esparças e A Vida é um Ponto de ?, a Autobiografia, História das Minhas fundações e outros.

Lydia nasceu em 14 de setembro de 1888 e faleceu em 5 de agosto de 1988, com 94 anos em Porto Alegre.

CONTATO: (54) 3261 6997 e museucasalmoschetti@farroupilha.rs.gov.br

ATENDIMENTO:  De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, sem fechar ao meio-dia. Nos finais de semana, as visitas podem ser realizadas por agendamento.

 

 

SANTUÁRIO NOSSA SENHORA DE CARAVAGGIO

Localização: Caravaggio – 1º distrito de Farroupilha

Foto: Júlio Dal Monte

caravaggio01

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O maior santuário religioso do sul do país recebe milhares de fiéis no dia 26 de maio, data de Nossa Senhora de Caravaggio. Padroeira de Farroupilha e da região colonial italiana, o dia é feriado municipal. O Santuário está localizado a seis quilômetros do Centro, em acesso asfaltado. Conforme a história, a aparição de Nossa Senhora de Caravaggio aconteceu no dia 26 de maio de 1432, às 17 horas, a uma camponesa chamada Joaneta, num lugarejo chamado Caravaggio, no norte da Itália.

A devoção foi trazida para o Brasil pelos colonos italianos que se instalaram em Farroupilha. Nossa Senhora de Caravaggio foi instituída padroeira do município em 1956 pelo então prefeito Giacomo Valentim Luchese. O evento reúne, na data e no final de semana, cerca de 150 mil peregrinos.

Diariamente e especialmente nos finais de semana, o local recebe milhares de visitantes. Conta com infraestrutura de bares, restaurante e venda de objetos religiosos. É ligado à cidade através de linha de ônibus urbano.

 

PRINCIPAIS EVENTOS

ENCONTRO DAS TRADIÇÕES ITALIANAS (ENTRAI)

Local: Praça da Imigração Italiana – Nova Milano – 4º distrito de Farroupilha

O Encontro das Tradições Italianas convida a comunidade de Farroupilha e região a relembrar parte de sua história. Acontece na Praça da Imigração Italiana, em Nova Milano, quarto distrito de Farroupilha, local onde instalaram-se as primeiras famílias da etnia no Estado.
Música, dança, teatro, gastronomia, exposições, artesanato e tudo o que de mais italiano o município possui está à mostra nesta festa.
Desfile temático antecede a realização do Entrai com participação de comunidades do interior de Farroupilha.

 

FESTA NACIONAL DO KIWI E FEIRA DA INDÚSTRIA DE FARROUPILHA (Fenakiwi)

Local: Pavilhões do Parque Cinquentenário – Bairro Cinquentenário

Foto: Júlio Dal Monte

fenakiwi

É nesta festa que Farroupilha exibe sua pujança industrial e sua condição de maior produtor da fruta no país. Empresas vendem seus produtos diretamente ao consumidor. Durante a festa também ocorre uma programação de apresentações artísticas, além de ser uma boa oportunidade de saborear as delícias da comida típica italiana e os produtos originários do kiwi, introduzindo a fruta na cultura italiana e como importante alternativa econômica. O evento recebe cerca de 120 mil visitantes de todo o Brasil, a cada dois anos.

Reúne exposições, gastronomia, shows e atrações especiais nos pavilhões do Parque Cinqüentenário.

SEMANA FARROUPILHA

Local: Largo Carlos Fetter – Centro


  O município recebeu este nome por ter sido emancipado em 1934, quando no ano seguinte seria lembrado o centenário da Revolução Farroupilha. Por este motivo é que o município organiza o Acampamento Farrapo, no Largo Carlos Fetter, com participação de centros de tradições gaúchas e demais entidades que festejam as tradições durante uma semana de atividades.

O 20 de setembro – data da Revolução Farrapa – é lembrada em Farroupilha em grande estilo, com promoções, apresentações artísticas, ações educativas e culturais.

ANIVERSÁRIO DO MUNICÍPIO

  Farroupilha foi emancipada em 11 de dezembro de 1934. A data é festejada anualmente com atividades especiais que marcam a conquista e ainda reforçam a modernidade, a economia e o crescimento de Farroupilha. São inaugurações de obras, apresentações artísticas e outras festividades. Em 2014, Farroupilha completa 80 anos de Emancipação Política.