Farroupilha recebe a IX Mostra de Teatro e Dança da Fábrica de Sonhos

8 de novembro de 2019 13:29

O evento acontecerá nos dias 20, 23, 26, 28 de novembro e 03 de dezembro. Serão cinco dias de programação cultural gratuita!

O final do ano se aproxima e para os alunos de teatro e dança do Projeto Fábrica de Sonhos da Marca Produções Culturais é momento de compartilhamento. A Mostra de Teatro e Dança acontece anualmente e é um evento em que os alunos do projeto apresentam peças teatrais e coreografias que foram criadas coletivamente ao longo do ano nas oficinas. Neste ano, mais de 100 alunos divididos em doze grupos subirão ao palco para mostrar suas criações gratuitamente para toda a comunidade farroupilhense.

A mostra acontece nos dias 20, 23, 26 e 28 de novembro e no dia 03 de dezembro, na escola Zelinda Rodolfo Pessin, no Centro de Atendimento Integral Odete Zanfeliz, no Centro de Atendimento Integral Senador Teotônio Vilella, no Centro de Atendimento Integral 1º de Maio e na Escola Antônio Minella, respectivamente. A novidade deste ano é a escola Zelinda Rodolfo Pessin que recebe as oficinas de teatro desde 2018 e terá sua primeira mostra neste ano.

O primeiro dia de Mostra, 20 de novembro (quarta-feira), acontecerá na Escola Municipal Zelinda Rodolfo Pessin no bairro Centenário, e têm início às 20h. Nesta noite os grupos “220 volts” e “ZaRPo”, apresentam as peças “Uma história de gelar o sangue” e “O homem mais azarado do mundo”. No dia 23 de novembro (sábado), a partir das 15h, é a vez da mostra acontecer no Centro de Atendimento Integral Odete Zanfeliz. O grupo de teatro “Mealembrei” apresentará a peça “A Menina e o Monstro” e grupo de dança “Largadxs e Articuladxs” apresentará a coreografia “OHORROR”. No dia 26 (terça-feira) no salão da comunidade do bairro Industrial, a mostra acontece a partir das 20h e conta com a apresentação do grupo de teatro “Só Sei que Foi Assim” que apresenta a peça “O Conto das Três Irmãs” e com os grupos de dança “Poder Feminino” e “Xs Elétricxs” se juntam para contar a história da dança com a coreografia “História da dança: ou como o corpo conta suas memórias”.

No dia 28 (quinta-feira), a mostra do Centro de Atendimento Integral 1º de Maio acontece na Quadra da Escola Municipal 1º de Maio a partir das 20h e neste dia, os grupos de teatro “Agora” e “Loading”, e os grupos de dança “Se joga!” e “Happy Hoop” sobem ao palco para contar um clássico de William Shakespeare “Sonho de uma noite de verão”. A última noite da mostra acontece no dia 03 de dezembro no ginásio da escola Antônio Minella, têm início às 20h e conta com o grupo “Speta Um Poqtin” que apresentará a peça “Acaso: como seria se não fosse assim”.

A Mostra tem o apoio da Prefeitura Municipal de Farroupilha e é realizada pela Marca Produções Culturais. O Projeto Fábrica de Sonhos (Troféu Cultura FAMURS 2012- melhor projeto do estado na categoria teatro) está presente na cidade de Farroupilha e Pareci Novo e conta com mais de 250 alunos fazendo teatro e dança.

Sinopses:

  • Uma História de Gelar o Sangue / 220 Volts / Zelinda Rodolfo Pessin

Uma bibliotecária esconde um segredo que não pode ser revelado. Toda a narrativa vem a toda quando os estudantes decidem entrar escondidos na biblioteca a noite e encontram um livro que vai revelar um grande mistério. Baseado no livro “Histórias de gelar o sangue” de Antônio Schimeneck, esta peça pretende revisitar as histórias de terror contadas a luz de velas.

  • O homem mais azarado do mundo / ZaRPo / Zelinda Rodolfo Pessin

Algumas pessoas parecem atrair o azar desde o nascer do sol até o momento em que dormem. Celso, o nosso personagem principal vai além, pois consegue ser azarado até mesmo enquanto sonha. Isso que nos restringimos a contar apenas um dia da vida de nosso personagem, mas a semana tem sete dias. Para Celso, serão sete dias de azar. A comédia contada pelo grupo ZaRPo reúne contos de Luis Fernando Veríssimo, piadas, histórias pessoais e mais algumas mentiras inventadas especialmente para esta montagem.

  • A Menina e o Monstro / Mealembrei / CAI Odete Zanfeliz

O espetáculo conta a história de uma menina que, para não sentir mais tristeza, se desfaz do seu coração. Nina divide a vida com um amigo bem peculiar, um mostro que mora em baixo de sua cama e que acompanha de perto o drama da personagem. A peça fala sobre o valor da amizade, além da necessidade de encarar os sentimentos mais difíceis.

  • OHORROR/ Largadxs e Articuladxs /CAI Odete Zanfeliz

OHORROR é sobre influência, sobre o desejo de ter controle e também não ter. É sobre revelar nossas sombras, nosso lado menos iluminado. OHORROR é o abuso da vontade de ter e/ou ser. A partir de técnicas de Dança Contemporânea os alunos experimentam o chão como influência sobre o corpo e as acrobacias revelam a necessidade de controle. Os corpos dançam emoções, sensações e memórias, ao reve(lar) transformam-se.

  • O conto das três irmãs / Só sei que foi assim / CAI Senador Teotônio Vilella

O conto das três irmãs é inspirado na fábula italiana coletada por Ítalo Calvino, O nariz de prata é uma das tantas fábulas que atravessam gerações. Uma lavadeira, mãe de três filhas, é visitada por um estranho senhor que pede para levar uma das meninas para trabalhar em seu palácio. Na chegada, uma advertência: uma porta não poderá ser aberta jamais. Uma vez descumprida a ordem, o destino das três meninas está lançado.

  • História da Dança: ou como o corpo conta suas memórias/ Poder Feminino e Xs Elétricxs / CAI Senador Teotônio Vilella

A história da dança é difícil de ser traçada porque o ato de dançar raramente deixa vestígios históricos. As danças e estilos foram se influenciando e se misturando, em um processo natural, ao longo dos séculos. A coreografia traz para o palco uma tentativa de resgatar essa história que perpassa por diversas modalidades da dança, buscando comunicar a multiplicidade do uso do corpo na dança.

  • Sonho de uma noite de verão / Loadin – Agora – Se joga! – Happy Hoop/ CAI 1º de maio

Numa noite de verão, num bosque, quatro jovens enamorados encontram-se e desencontram-se: Lisandro ama Hérmia que ama Lisandro e é amada por Demétrio, que é amado por Helena; Tem ainda um Rei prestes a casar com uma nova rainha e um grupo de artesões que resolve montar uma peça de teatro para apresentar na festa de casamento. A trama se complica, quando Oberon, rei dos Duentes, se desentende com Titânia, a rainha das Fadas. Ação e movimentação, paixões e casamentos, brigas e reconciliações, equívocos e finais felizes se encontram neste clássico de Shakespeare, muito divertido e nada trágico.

  • Acaso: Como seria se não fosse assim / Speta Um Poqtin / Antônio Minela

Como seria se não fosse assim?  Você já se perguntou como seria sua vida se ela não fosse como ela é. Que sonhos você teria? Em que esquina você cruzaria com o amor de sua vida? Com quantos anos a morte lhe encontraria e lhe convidaria para uma dança eterna? Estas são algumas das perguntas que passavam pela cabeça de Luci, a personagem que movimenta nossa história. Luci morreu, isso é um fato. Quem matou Luci? Só assistindo para saber.

CONTATO

Praça Emancipação, s/n | Bairro Centro | CEP 95170-444

Telefone (54) 3268.1611

Horário de Atendimento: 9h às 16h

CNPJ 89.848.949/0001-50

OUVIDORIA/FALA, CIDADÃO!

Aplicativo Fala, Cidadão!

Praça Emancipação, s/n | Bairro Centro | CEP 95170-444

Telefone (54) 3261.6996 | Whatsapp: 984045537

E-mail ouvidoria@farroupilha.rs.gov.br

Horário de Atendimento: 9h às 16h