Prefeitura projeta ações para garantir mais segurança em rodovias

16 de maio de 2018 13:56

 

 

A localização privilegiada de Farroupilha, por ser centralizada na Serra Gaúcha, com acesso para a Região Metropolitana e também ligação com grandes cidades, como Bento Gonçalves e Caxias do Sul, além de favorecer a logística no transporte de cargas também torna o município vulnerável no ponto de vista da segurança, rota de fuga para criminosos e possível ponto de migração da criminalidade de centros maiores.

Com visão voltada para prevenção e antecipando possíveis cenários de insegurança no futuro, a prefeitura de Farroupilha já encaminhou uma série de ações visando melhorar a segurança e o bem-estar da comunidade. Entre elas, está a adesão ao Sistema de Segurança Integrada dos Município (SSIM), a participação da Associação dos Secretários e Gestores Municipais de Segurança Pública (Asgmusp) e a criação da Guarda Civil Municipal.

Agora, a prefeitura aguarda o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer-RS) aprovar uma proposta de convênio para instalação de câmeras especiais, que identificam as placas de veículos e verificam a situação junto ao banco de dados de órgãos de segurança, formando um cinturão nas principais rodovias de entrada, circulação e saída do município. Isso possibilitará identificar veículos em situação de furto, roubados ou com documentação irregular.

Por solicitação do prefeito Claiton Gonçalves, o Município vem desenvolvendo o projeto de Cercamento Eletrônico, contemplando as principais vias de acesso e circulação de veículos, dando melhor suporte à segurança pública, bem como uma melhora na sensação de segurança aos que trafegam pelas vias e também para os moradores de Farroupilha e região.

Representantes do Departamento de Trânsito, da Guarda Civil Municipal, da Brigada Militar e da Polícia Rodoviária Estadual já realizaram um estudo prévio das principais vias e estradas que cortam ou circundam o município, verificando a necessidade de instalação de equipamentos em faixas de domínio do Daer para total efetividade do projeto.

A proposta do convênio com o Daer foi encaminhada ainda em novembro de 2017 para a autarquia estadual, prevendo a instalação de radares e câmeras com reconhecimento ótico numérico. Além disso, o projeto prevê a inclusão dos Autos de Infração de Trânsito, a Emissão de Demonstrativos das Infrações, Julgamento de AIT’S e Arrecadação de Multas Aplicadas. Quando o convênio for aceito e assinado pelo Daer o Município de Farroupilha será responsável pela instalação e manutenção dos equipamentos. Pela proposta o Daer a faria a cedência dos locais para instalação dos equipamentos, o processamento das infrações e o repasse de 60% do valor líquido restante para o Município de Farroupilha.

A exemplo dos equipamentos já instalados no Litoral Norte do estado (foto) e na Região Metropolitana, as câmeras registram fotos de cada veículo que passa pelo trecho monitorado e, a partir da placa, é acessado o banco de dados da polícia e do Detran para verificar os casos que constam como roubo ou documentação vencida. Confirmada a irregularidade, o sistema emite um alerta para os órgãos de segurança para que seja feita abordagem e tomadas as devidas providências.

O secretário de Gestão e Desenvolvimento Humano de Farroupilha, Vandré Fardin, declara que o projeto é de grande importância para a segurança do município e a intenção é que outras cidades da Serra também realizem o cercamento eletrônico. “Será possível, com este monitoramento, traçar o caminho de veículos roubados ou identificar o trajeto de criminosos para efetuar as prisões”, salienta. Além disso, o secretário destaca a vulnerabilidade de Farroupilha. “Por ser um município central, se outras cidades apertarem na segurança e nós não fizermos nada, a criminalidade pode migrar para cá em uma velocidade muito rápida e poderemos ser pegos de surpresa. Por isso, de antemão, estamos tomando as providências necessárias”, destaca.

O estudo e o projeto realizado pela Prefeitura de Farroupilha preveem a instalação de 17 equipamentos conhecidos como Registrador Eletrônico Fixo de Velocidade em seis pontos de rodovias locais, situados nos quilômetros 63 e 118 da RST-453, quilômetro 02 da Rodovia dos Romeiros, quilômetro 01 da VRS-813, quilômetros 59 e 55 da RS-122 e quilômetro 55 da RS-448.

Além da instalação dos equipamentos na rodovia, o projeto também prevê uma central de monitoramento que irá acompanhar, operar e manter o sistema tecnológico. A operação será realizada por servidores da Guarda Civil Municipal concursados em certame a ser realizado ainda neste ano.

Considerando o custo elevado de aquisição e instalação dos equipamentos, avaliados em cerca de R$ 20 mil cada, a prefeitura também estuda a possibilidade de aluguel das câmeras a um custo aproximado de R$ 1,5 mil mensais para cada uma. Entretanto, apesar do auto investimento, o projeto é sustentável, uma vez que parte dos recursos arrecadados em infrações retornaria aos cofres públicos para manutenção e custeio do sistema.

 

Benefícios do cercamento eletrônico

  • Agilidade no combate à criminalidade ao identificar veículos suspeitos
  • Melhoria da segurança no município, reduzindo trânsito de criminosos nas rodovias da região
  • Identificação de veículos em situação de roubo e furto
  • Identificação e fiscalização de veículos com documentação irregular e aplicação de penalidades
  • Projeto economicamente sustentável
  • Parte do valor arrecadado com multas retorna para investimento no município
  • Reduz a demanda por policiais nas rodovias

 

Locais de instalação e quantidade

  • Quilômetro 63 da RST 453 – 2
  • Quilômetro 118 da RST 453 – 4
  • Quilômetro 02 da Rodovia dos Romeiros – 2
  • Quilômetro 01 da VRS 813 – 2
  • Quilômetro 59 da RS 122 – 2
  • Quilômetro 55 da RS 122 – 3
  • Quilômetro 55 da RS 448 – 2

 

Texto: Tomaz Graciliano
Foto: Divulgação / Daer-RS
Imagem: Reprodução
Edição: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social
tomazgraciliano@farroupilha.rs.gov.br

CONTATO

Praça Emancipação, s/n | Bairro Centro | CEP 95170-444

Telefone (54) 3268.1611

Horário de Atendimento: 9h às 16h

CNPJ 89.848.949/0001-50

OUVIDORIA/FALA, CIDADÃO!

Aplicativo Fala, Cidadão!

Praça Emancipação, s/n | Bairro Centro | CEP 95170-444

Telefone (54) 3261.6996 | E-mail ouvidoria@farroupilha.rs.gov.br

Horário de Atendimento: 9h às 16h